}

Olhos da Terra

Editora Imperial Novo Milênio / Lançamento: 2012
Na Terra, existem muitos animais e nos seus olhos se escondem os segredos do seu coração. Cada olhar tem um segredo diferente, mas somente um é muito especial e poderá cuidar do planeta Terra... O texto comunica, de forma simples e ao mesmo tempo reflexiva, sobre a liberdade e a responsabilidade dos animais sobre o mundo em que vivem.

Indicação: A partir de 6 anos – Texto narrado em frases curtas, ideal para o leitor iniciante. As ilustrações foram criadas a partir das fotos de Fábio Carnaval (tiradas em Jardins Zoológicos e na Mata Atlântica), e das minuciosas colagens do artista plástico Silvio Alvarez (a técnica do recorte e colagem de fotografias e imagens de revistas permite que a criança crie os seus próprios trabalhos após a leitura do livro) – tamanho 20 cm x 21 cm, 24 páginas.

Temas transversais: Meio ambiente, sustentabilidade, reciclagem, comportamento e relacionamento do homem com a natureza, com os animais e com seus semelhantes.
  • Capa do livro upload/capas_livros/Olhos_DSC0040.jpgcorte2.jpg
  • Capa do livro upload/capas_livros/Olhos_DSC0040.jpgcorte3.jpg
  • Capa do livro upload/capas_livros/Olhos_DSC0040.jpgcorte1.jpg
Olhos da Terra

Prêmios

  • Resenha - Trevo de Leituras AEI-LIJ

    Resenha - Trevo de Leituras AEI-LIJ
    Por Angela Leite de Souza - escritora e ilustradora, jornalista, crítica literária, especialista em literatura infanto-juvenil (Belo Horizonte - MG) - "Quando se pensa que a literatura infanto-juvenil já esgotou o tema "animais", sempre tão caro a seu público, surge no mercado mais uma obra que consegue inovar e encantar, ainda que baseada em temática e premissa já bastante conhecidas. A ideia que deu origem a “Olhos da Terra” é a velha noção de que "os olhos são as janelas da alma". Porém, Ana Maria de Andrade soube revesti-la de novidade ao fazer no olhar dos bichos a leitura de suas qualidades e virtudes. Ou, como sempre fizeram outros contadores de histórias desde Esopo, buscar nos animais irracionais características que os aproximam dos humanos, ou que estes deveriam imitar. Tal como os antecessores, a autora procurou, com suas delicadas metáforas, mostrar a seus leitores não que tais atributos não nos foram concedidos à toa. Se, por exemplo, os olhos da águia refletem coragem para voar alto, isso “ensinaria aos outros animais que, de longe, podemos ver mais”. E assim, conceitos como liberdade, respeito, sinceridade, inocência, pureza vão perpassando um texto profundo em sua singeleza. As ilustrações, feitas por Silvio Alvarez, artista plástico, com intervenções sobre o trabalho de Fábio Carnaval, fotógrafo-biólogo, pontuam com belas imagens – e uma tão engenhosa quanto surpreendente solução plástica final - a reflexão-síntese do livro: o coração que foi dado ao homem aumenta sua responsabilidade individual sobre o planeta e todos os seus habitantes."

    http://www.caleidoscopio.art.br/angelaleite/index.htm
Compartilhe com seus amigos
Compartilhe
Facebook
Tweetar

Conheça meus livros